26 de julho de 2010

Fidelidade divina

Certa vez, um homem pediu a Deus uma flor e uma borboleta.
Deus, por sua vez, lhe deu um cacto e uma larva.

O homem ficou triste, pois não entendeu o porque do seu pedido vir errado.

Pensou que talvez o Senhor tivesse se enganado na hora da entrega dos pedidos.

Também, com tanta gente para atender...

Resolveu não questionar.

Passaram-se alguns dias e o homem foi verificar o pedido que deixara esquecido.

E do espinhoso e feio cacto nasceu a mais bela das flores.

A horrível larva transformou-se em uma belíssima borboleta.

A maneira de Deus é correta. O Seu caminho é o melhor, mesmo que aos nossos olhos pareça estar dando tudo errado.

O espinho de hoje pode ser à flor de amanhã...

E é nesta Fé, no nosso Momento de Fé e no Colo de Jesus que nós temos esperança que amanhã será melhor

que hoje, porque evangelizamos e levamos as pessoas a Jesus.
 
 
pmarcelo_moderador@terra.com.br