29 de março de 2010

O SINAL DA CRUZ

(†)-Pelo sinal da Santa Cruz,
(†) livrai-nos Deus, Nosso Senhor,
(†) dos nossos inimigos,
(†) em nome do Pai, do Filho
e do Espírito Santo.
Amém.

Quantas pessoas fazem o Sinal da Cruz, ou como se costuma dizer, o “Pelo Sinal” antes das orações, ou pelo menos uma vez ao dia?
A impressão que temos é que o número é bastante reduzido, especialmente entre os mais jovens.
A maioria faz, e às vezes de modo displicente, como um salamaleque, o “Em nome do Pai”, ficando só no gesto, sem invocar a Santíssima Trindade.
O Sinal da Cruz é uma oração importante que deve ser rezada logo que acordamos, como a nossa primeira oração,para que Deus, pelos méritos da Cruz de Seu Divino Filho, nos proteja durante todo o dia.Com este Sinal, que é o sinal do cristão, nós pedimos proteção contra os nossos inimigos.
Que inimigos?
Todos aqueles que atentem contra a nossa pessoa, para nos causar tanto males físicos, quanto espirituais.
O Sinal da Cruz, feito antes de iniciarmos as nossas orações, nos predispõe a bem rezar.

† Pelo sinal da Santa Cruz: ao traçarmos a primeira cruz em nossa testa, nós estamos pedindo a Deus que proteja a nossa mente dos maus pensamentos, das ideologias malsãs e das heresias, que tanto nos tentam nos dias de hoje e mantendo a nossa inteligência alerta contra todos os embustes e ciladas do demônio;

† Livrai-nos Deus, Nosso Senhor: com esta segunda cruz sobre os lábios, estamos pedindo para que de nossa
boca só saiam palavras de louvor: louvor a Deus, louvor os Seus Santos e aos Seus Anjos; de agradecimento
a Deus, pois tudo o que somos e temos são frutos da Sua misericórdia e do Seu amor e não dos nossos méritos:
que as nossas palavras jamais sejam ditas para ofender o nosso irmão.

† Dos nossos inimigos – esta terceira cruz tem como objetivo proteger o nosso coração contra os maus
sentimentos: contra o ódio, a vaidade, a inveja, a luxúria e outros vícios; fazer dele uma fonte inesgotável
de amor a Deus, a nós mesmos e ao nosso próximo; um coração doce, como o de Maria e manso e humilde
como o de Jesus.Por isso amanhã começa a Semana Santa, domingo de Ramos e nós vamos convidar as pessoas para participar desta Semana Santa.

23 de março de 2010

O SIGNIFICADO DA BENÇÃO

Quando alguém te diz: “QUE DEUS TE ABENÇOE” não está só desejando o melhor para você, mas também
atuando a seu favor.
Pois quando bendizes a alguém, também estás atraindo a proteção de Deus para você.
O efeito de abençoar é multiplicador, já que é dado por Deus a seus filhos.
A bênção invoca o apoio permanente de Deus para o bem-estar da pessoa, fala de agradecimento, confere
prosperidades e felicidade em toda pessoa que a recebe da nossa parte.
A bênção começa com as relações de pais e filhos.
Os filhos que recebem a bênção da parte dos seus pais têm um bom começo espiritual e emocional na vida.
Recebem um firme propósito de amor e aceitação. Este princípio também se aplica na íntima relação de casais.
As amizades se aprofundam e se fortalecem, trazendo companheirismo, saúde e esperança a todos que nunca
receberam sequer uma palavra abençoada.
O poder da vida e da morte está na Palavra. Ao abençoares não só está outorgando a vida aquele que a recebe,
mas também aquele que também a dá.
Por isso, hoje eu peço que Deus te abençoe, porque ao bendizê-lo de todo coração, estou bendizendo a mim mesmo.
Distribua bênçãos por onde vás, não só palavras, mas, ações. Elas retornarão a ti quando menos esperares.
Geralmente a pessoa que vive na presença de Deus, amando-O e abedecendo-O, tem o privilégio da sua
Divina Bênção sempre.
Abraços e que Deus te Abençoe.

22 de março de 2010

SEGREDO DE SÃO JOSÉ

TRABALHE E REZE, ORE.
FIQUE EM SILÊNCIO E ORE.
AME E ORE.
ESCUTE E ORA.
NÃO DISCUTA, NÃO QUEIRA TER RAZÃO: CALE-SE.
NÃO JULGUE, NÃO CONDENE: AME.
NÃO OLHE, NÃO QUEIRA SABER: ABANDONE-SE.
NÃO ARGUMENTE, NÃO ENTRE NA PROFUNDIDADE DOS PROBLEMAS: CREIA.
NÃO SE AGITE, NÃO PROCURE FAZER: ORE.
NÃO SE INQUIETE, NÃO SE PREOCUPE: TENHA FÉ.
QUANDO VOCÊ FALA, DEUS SE CALA E VOCÊ DIZ COISAS EQUIVOCADAS.
QUANDO VOCÊ ARGUMENTA, DEUS É HUMILHADO E VOCÊ PENSA EM COISAS VÃS.
QUANDO VOCÊ APURA, DEUS É DISTANCIADO E VOCÊ TROPEÇA E CAI.
QUANDO VOCÊ SE AGITA, DEUS É LANÇADO FORA E VOCÊ FICA NA OBSCURIDADE.
QUANDO VOCÊ JULGA O IRMÃO, DEUS É CRUCIFICADO E VOCÊ JULGA A SI MESMO.
QUANDO VOCÊ CONDENA O IRMÃO, DEUS MORRE E VOCÊ CONDENA A SI MESMO.
QUANDO DESOBEDECE, DEUS FICA DISTANTE E VOCÊ MORRE.
ENTÃO:
TRABALHE E ORE.
FIQUE EM SILÊNCIO E ORE.
AME E ORE.
ESCUTE E ORE.
ESTE É O SEGREDO DE SÃO JOSÉ.

21 de março de 2010

Este teatrinho foi enviado por uma catequista .Achei muito legal.

TEATRINHO
PÁSCOA – JESUS RESSUSCITOU
(de Emílio Carlos)


NARRADOR - Hoje é domingo de páscoa. Jesus ressuscitou! Ele oferece a ressurreição a todos que acreditarem Nele. Nós acreditamos em Jesus. Por isso buscamos por Ele. Buscamos Jesus como Maria buscou naquele domingo de Páscoa.

(Música de fundo. Entra uma menina trajada com roupas normais. Ela vai até o canto ao lado direito do altar).

NARRADOR - Nós procuramos no sepulcro...

MENINA - Jesus!

NARRADOR - ...nós procuramos em toda parte...

MENINA - (voltando para o centro do altar) Jesus!

NARRADOR - ...nós procuramos e nem sempre achamos. Daí nós ficamos assim desconsolados.

(A menina triste senta num degrau do altar).

NARRADOR - Nos sentimos tristes como os discípulos se sentiram quando perderam Jesus, quando Ele foi crucificado.

(Jesus entra por trás da menina).

NARRADOR - Mas sabe: Jesus ressuscitou! Ele está perto de nós! Hoje e sempre!

JESUS - (toca no ombro na menina e sorri).

MENINA - (se levanta) Jesus!

(a música atinge o auge. A menina se ajoelha perante Jesus).

JESUS - Eu estarei com vocês todos os dias, até o fim dos tempos.

(Música final - Fim).

(Sugestão de música final: "Porque Ele Vive" ou outra à sua escolha
em sintonia com a mensagem do texto).

16 de março de 2010

Hino da Infância Missionária

Vida abundante ao mundo ofereço
Quero acender a chama do amor
Sou missionário(a) e mesmo pequeno(a)
Sirvo alegre ao Reino de Deus

- Mãe de Jesus e das crianças que mais precisam do nosso amor acolhe a todos sob teu manto, guia-nos sempre para o Senhor.

Vida abundante ao mundo ofereço
Quero acender a chama do amor
Sou missionário(a) e mesmo pequeno(a)
Sirvo alegre ao Reino de Deus
- Seguindo os passos do padroeiro vamos a vida inteira doar como Francisco e Teresinha, nossa missão é Cristo anunciar.

Vida abundante ao mundo ofereço
Quero acender a chama do amor
Sou missionário(a) e mesmo pequeno
Sirvo alegre ao Reino de Deus
-

Com alegria construiremos Senhor Jesus teu Reino de Amor! A Boa Nova anunciaremos com nossa vida, em teu nome, Senhor!

11 de março de 2010

OBA!!! Teremos a Infância Missionária de volta!

No próximo sabádo daremos inicio a Infância Missionária(IM) em nossa paróquia .O casal Julio e Rubia estaram a frente deste maravinhoso trabalho.

10 de março de 2010

Encontro da perseverança

Oração: vamos agradecer a Deus por estarmos aqui...Vinde Espirito Santo...

Bíblia: Evangelho: Lucas 18, 9-14

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 9Jesus lhes disse ainda esta parábola a respeito de alguns que se vangloriavam como se fossem justos, e desprezavam os outros: 10Subiram dois homens ao templo para orar. Um era fariseu; o outro, publicano. 11O fariseu, em pé, orava no seu interior desta forma: Graças te dou, ó Deus, que não sou como os demais homens: ladrões, injustos e adúlteros; nem como o publicano que está ali. 12Jejuo duas vezes na semana e pago o dízimo de todos os meus lucros. 13O publicano, porém, mantendo-se à distância, não ousava sequer levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem piedade de mim, que sou pecador! 14Digo-vos: este voltou para casa justificado, e não o outro. Pois todo o que se exaltar será humilhado, e quem se humilhar será exaltado. - Palavra da salvação.

Partilha do evangelho: O evangelho de hoje vem nos mostrar que não devemos nos colocar como se fossemos mais importante do que os outros ,devemos ser sempre pessoas humildes sem soberba.(arrogância.Orgulho, presunção)

Tema:
*Domingos de Ramos
*Páscoa
Objetivo: apresentar para a pré-catequese o que prepararam.
Material: Fantoche,Figuras,Papel madeira, Cartolina, TNT, barbante, canetinha, giz de cera, fita crepe, tinta guache , palito de churrasco....
Desenvolvimento: Separar em 4 grupos cada grupo fica com 1 tema.
Sortear o tema.
*Cada grupo tem que fazer um plano do seu tema e como vai apresentar para as criança "teatrinho","fantoche","dança"historia"... .


Oração final: Oremos pedindo sabedoria para usar palavras abençoadas no dia de hoje.

Pai Querido aprendi hoje...

Catequistas! são pessoas Especiais !!!

As pessoas só se tornam verdadeiras estrelas,
Quando tem personalidade digna;
Quando lutam pelo seu direito de viver;
Quando agüentam os problemas,
Sabendo a hora de falar e a hora de escutar;
Quando sabem admitir que estão erradas;
Quando ajudam os outros,
Sem se importar com a ingratidão
Quando dão,sem se importar em receber;
Quando lutam por justiça,
num mundo tão injusto
Quando mesmo na escuridão,
Andam em caminhos retos
Quando sofrem por um amor,
mesmo sabendo que ele é impossível
Quando mesmo tropeçando,
Correm atrás de sua felicidade
Quando em uma plantação de ódio,
Colhem sementes de amor
Pessoas assim têm o direito de
Terem luz própria
Porque estão sempre brilhando.

As pessoas especiais são aquelas que
têm a habilidade de
dividir suas vidas com os outros...
Elas são honestas nas palavras e nas atitudes,
são sinceras e compassivas e sempre
dão por certo que o amor é parte de tudo.
As pessoas especiais..
são aquelas que tem habilidades para doar
aos outros e de ajudá-los com as mudanças
que surgem em seus caminhos.
Elas não têm medo de ser vulneráveis, elas
acreditam que são únicas e têm orgulho
em ser sinceras e reais.
As pessoas especiais..
são aquelas que se permitem os
prazeres de estar próximo aos outros e se
importam com a felicidade deles.
Elas vieram para entender
que o amor é o que faz a diferença na vida.
As pessoas especiais são aquelas..
que realmente tornam a vida mais bela".
Seja uma dessas pessoas!
você é uma benção!
Me sinto honrada em ter amigas assim!!""
Obrigada por compartilhar saberes Divinos do altissimo amo cada uma dessas amigas especiais minhas amigas e irmãs em CRISTO JESUS.

bjos em todas as CATEQUISTAS!

JESUS ABENÇÕE COM MUITA PASCIÊNCIA E PAZ!

2 de março de 2010

Semana Santa"No mistério pascoal, Deus Pai, por meio do Filho no Espírito Paráclito, se inclinou sobre cada homem oferecendo-lhe a possibilidade da redenção do pecado e a libertação da morte".(João Paulo II)

Sabemos bem que durante a Semana Santa, a Igreja celebra os mistérios da reconciliação, realizados pelo Senhor Jesus nos últimos dias da sua vida, começando por sua entrada em Jerusalém.
Domingo de Ramos
O Domingo de Ramos abre solenemente a Semana Santa, com a lembrança das Palmas e da paixão, da entrada de Jesus em Jerusalém e a liturgia da palavra que evoca a Paixão do Senhor.

Quinta-feira Santa

A liturgia da Quinta-feira Santa é um convite a aprofundar concretamente no misterio da Paixão de Cristo.

Sexta-feira Santa

A tarde de Sexta-feira Santa apresenta o drama imenso da morte de Cristo no Calvário. A cruz erguida sobre o mundo segue de pé como sinal de salvação e de esperança.

Sabado Santo

O sábado é o segundo dia do Tríduo: no chão junto à ele, durante sete dias e e sete noites com Cristo no sepulcro.
Vigilia Pascal
"Segundo uma antiqüíssima tradição, esta é a noite de vigília em honra do Senhor (Ex 12, 42).

Domingo de Páscoa

O Domingo de Páscoa, ou a Vigília Pascal, é o dia em que até mesmo a mais pobre se reveste com seus melhores ornamentos, é o ápice do ano litúrgico.
Etimologia Pascal

A Igreja celebra o tempo de Páscoa, que vai desde o Domingo da Ressurreição até o fim de Pentecostes mais ou menos uns 50 dias como se fosse um só dia, o Grande Dia, antecipação do tempo que não terá fim.(Petecostes)

A Semana Santa

Sabemos bem que durante a Semana Santa, a Igreja celebra os mistérios da reconciliação, realizados pelo Senhor Jesus nos últimos dias da sua vida, começando por sua entrada messiânica em Jerusalém.
O tempo da Quaresma se prolonga até a Quinta-feira da Semana Santa. A Missa Vespertina da Ceia do Senhor é a grande introdução ao santo Tríduo Pascoal. O Tríduo Pascual tem início na Sexta-feira da Paixão, prossegue com o Sábado de Aleluia, e chega ao ápice na Vigília Pascual terminando com as Vésperas do Domingo da Ressurreição.
É importante recordar que "as ferias da Semana Santa, desde a Segunda até inclusive a Quinta-feira, têm preferência sobre qualquer outra celebração" e por tanto nestes dias não se deve administrar os sacramentos do Batismo e da Confirmação.
É importante que nestes dias se ofereçam em todas as paróquias, capelas,hospitais e centros de evangelização, horários amplos para facilitar aos fiéis o acesso ao Sacramento da Reconciliação como preparação espiritual para acompanhar ao Senhor Jesus na entrega de Si mesmo por nós. É muito conveniente que o tempo da Quaresma termine com alguma celebração penitencial que sirva de preparação para uma participação mais plena no mistério pascoal.

A liturgia da Quinta-feira Santa é um convite a aprofundar concretamente no mistério da Paixão de Cristo, já que quem deseja segui-lo deve sentar-se à sua mesa e, com o máximo recolhimento, ser espectador de tudo o que aconteceu na noite em que iam entregá-lo.E por outro lado, o mesmo Senhor Jesus nos da um testemunho idôneo da vocação ao serviço do mundo e da Igreja que temos todos os fiéis quando decide lavar os pés dos seus discípulos.Neste sentido, o Evangelho de São João apresenta a Jesus 'sabendo que o Pai pôs tudo em suas mãos, que vinha de Deus e a Deus retornava', mas que, ante cada homem, sente tal amor que, igual como fez com os discípulos, se ajoelha e lava os seus pés, como gesto inquietante de uma acolhida inalcançável.
São Paulo completa a representação recordando a todas as comunidades cristãs o que ele mesmo recebeu: que aquela memorável noite a entrega de Cristo chegou a fazer-se sacramento permanente em um pão e em um vinho que convertem em alimento seu Corpo e seu Sangue para todos os que queiram recordá-lo e esperar sua vinda no final dos tempos, ficando assim instituída a Eucaristia.
A Santa Missa é então a celebração da Ceia do Senhor na qual Jesus, um dia como hoje, na véspera da sua paixão, "enquanto ceiava com seus discípulos tomou pão..." (Mt 26, 26).
Ele quis que, como em sua última Ceia, seus discípulos nos reuníssemos e nos recordássemos d'Ele abençoando o pão e o vinho: "Fazei isto em memória de mim" (Lc 22,19).
Antes de ser entregue, Cristo se entrega como alimento. Entretanto, nesta Ceia, o Senhor Jesus celebra sua morte: o que fez, o fez como anúncio profético e oferecimento antecipado e real da sua morte antes da sua Paixão. Por isso "quando comemos deste pão y bebemos deste cálice, proclamamos a morte do Senhor até que ele volte" (1Cor 11, 26).
Assim podemos afirmar que a Eucaristia é o memorial não tanto da Última Ceia, e sim da Morte de Cristo que é Senhor, e "Senhor da Morte", isto é, o Ressuscitado cujo regresso esperou de acordo com a promessa que Ele mesmo fez ao despedir-se: "Um pouco de tempo e já não me vereis, mais um pouco de tempo ainda e me vereis" (Jo 16, 16).
Hoje celebramos a alegría de saber que esta morte do Senhor, que não terminou no fracasso mas no êxito, teve um por quê e um para quê: foi uma "entrega", um "dar-se", foi "por algo"ou melhor dizendo, "por alguém" e nada menos que por "nós e por nossa salvação" (Credo). "Ninguém a tira de mim,(Jesus se refere à sua vida) mas eu a dou livremente. Tenho poder de entregá-la e poder de retomá-la." (Jo 10, 18), e hoje nos diz que foi para "remissão dos pecados" (Mt 26, 28c).
Poderíamos dizer que a alegria é por nós e a dor por Ele. Entretanto predomina o gozo porque no amor nunca podemos falar estritamente de tristeza, porque aquele que dá e se entrega com amor e por amor, o faz com alegria e para dar alegria.Podemos dizer que hoje celebramos com a liturgia (1a. Leitura) a Páscoa. Porém a da Noite do Êxodo (Ex 12) e não a da chegada à Terra Prometida (Js 5, 10-ss).
Hoje inicia a festa da “ pascoal", isto é, da luta entre a morte e a vida, já que a vida nunca foi absorvida pela morte mas sim combatida por ela. A noite do sábado de Glória é o canto à vitória porém tingida de sangue, e hoje é o hino à luta, mas de quem vence, porque sua arma é o amor.
Domingo de Páscoa
O Domingo de Páscoa, ou a Vigília Pascal, é o dia em que até mesmo a mais pobre igreja se reveste com seus melhores ornamentos, é o ápice do ano litúrgico. É o aniversário do triunfo de Cristo. É a feliz conclusão do drama da Paixão e a alegria imensa depois da dor. E uma dor e alegria que se fundem pois se referem na história ao acontecimento mais importante da humanidade: a redenção e libertação do pecado da humanidade pelo Filho de Deus.
São Paulo nos diz : "Aquele que ressuscitou Jesus Cristo devolverá a vida a nossos corpos mortais". Não se pode compreender nem explicar a grandeza da Páscoa cristã sem evocar a Páscoa Judaica, que Israel festejava, e que os judeus ainda festejam, como festejaram os hebreus há três mil anos. O próprio Cristo celebrou a Páscoa todos os anos durante a sua vida terrena, segundo o ritual em vigor entre o povo de Deus, até o último ano de sua vida, em cuja Páscoa aconteceu na ceia e na istituição da Eucaristia.
Cristo, ao celebrar a Páscoa na Ceia, deu à comemoração tradicional da libertação do povo judeu um sentido novo e muito mais amplo. Não é a um povo, uma nação isolada que Ele liberta, mas ao mundo inteiro, a que prepara para o Reino dos Céus. A Páscoa cristã - cheia de profunda simbologia - celebra a proteção que Cristo não cessou nem cessará de dispensar à Igreja até que Ele abra as portas da Jerusalém celestial. A festa da Páscoa é, antes de tudo, a representação do acontecimento chave da humanidade, a Ressurreição de Jesus depois de sua morte consentida por Ele para o resgate e a reabilitação do homem caído. Este acontecimento é um dado histórico inegável. Além de que todos os evangelistas fizeram referência. São Paulo confirma como o historiador que se apoia, não somente em provas, mas em testemunhos.
Páscoa é vitória, é o homem chamado a sua maior dignidade. Como não se alegrar pela vitória d'Aquele que tão injustamente foi condenado à paixão mais terrível e à morte de cruz?, pela vitória d'Aquele que anteriormente foi flagelado, bofeteado, cuspido, com tanta inumana crueldade.
A Ressurreição nos revela a nossa vocação cristã e nossa missão: aproximá-la a todos os homens. O homem não pode perder jamais a esperança na vitória do bem sobre o mal. Creio na Ressurreição? a proclamo?; Creio em minha vocação e missão cristã, a vivo? Creio na ressurreição futura? , me alenta nesta vida? São perguntas que devem ser feitas. A mensagem redentora da Páscoa não é outra coisa que a purificação total do homem, a libertação de seus egoísmos, purificação que, ainda que implique em uma fase de limpeza interior, contudo se realiza de maneira positiva com dons de plenitude, com é a iluminação do Espírito.Buscar uma vida nova, que transborda alegria e paz - suma de todos os bens ,em uma palavra, a presença do Senhor ressuscitado. São Paulo o expressou com incontida emoção neste texto:
" Se ressuscitastes com Cristo, então vos manifestareis gloriosos com Ele".

Semana Santa

1 de março de 2010

Abertura da catequese neste sabado foi muito marcante.O nosso objetivo é: Os catequisando conhecer suas catequistas.

O GRANDE DESFILE


Bem começou com uma oração, depois separamos as turmas por fase cada catequista conversou um pouco.
Em seguida preparamos uma passarela com TNT no chão para poderem desfilar, e num canto separado fizemos um lugar com acessórios para produzirem as suas catequistas: roupas, faixas, chapeis, bijuterias, maquiagem e outras...Espalhamos as catequistas pelo pátio e as crianças tinham que achar suas catequistas e produzi-las para o desfile.colocamos uma musica e só via aplausos ,desfilaram,dançaram,fizeram posse para fotos e muito mais. Foi muito divertido confira nas fotos.

Oi Marcia tudo bem?a dinamica abaixo é sobre os dons do Espírito Santo bjs Léia(catequista da capela de São Pedro em São Cristovão.

Dinâmica do “presente”, trabalhando os frutos do espírito Santo.
SER CRISTÃO NO DIA-A-DIA1.
1.Parabéns! Você tem muita sorte. Foi premiado com este presente que simboliza compreensão, amizade e amor, construídos durante toda a nossa vida, no nosso dia-a-dia. Entretanto, o presente não será seu. Observe os amigos e, aquele que você considera mais caridoso, será o ganhador.
2.Caridade é algo de muito valor, mas embora possuidor dessa maravilhosa virtude, você também não fica com o presente. Por gentileza, seja caridoso, solidário e entregue-o à pessoa que você acha mais alegre.
3.A Alegria de viver em tudo o que fazemos certamente fará renascer muitos corações. Pessoas alegres como você transmitem otimismo e alto astral. Com muita alegria, em festa, passe o presente àquele que, segundo você, é uma pessoa fiel.
4.Fidelidade é uma virtude que deve ser construída em bases sólidas. Ela depende da confiança mútua entre os cristãos. Você também não fica com o presente. Sendo uma pessoa fiel.