6 de fevereiro de 2015

Campanha da Fraternidade 2015 encendo para a vida

O vinho da festa
(Pagina 26 e 27 do livro da campanha da fraternidade)

Comentarista (Val): Numa Igreja vai ter uma grande festa. 

O organizador saiu há convidar.]

(Gilda): Oi convidado 1, convido você para a festa na igreja, quero que traga o seu melhor vinho.

Convidado 1: Eu vou levar o meu melhor vinho para a festa? Vou levar água que ninguém vai notar.
(OBS: Cada pessoa falar do seu jeito.o organizador assim vai a todos convidados,cumprimentando ,sendo muito solicito ,prestativo,animado.)

Organizador da festa (Gilda): Oi convidado 2 convido você para a festa na igreja, quero que traga o seu melhor vinho. se despede e segue para o outro como se estivesse caminhando.

Organizador da festa (Gilda): Oi convidado 3, convido você para a festa na aldeia, quero que traga o seu melhor vinho.

Organizador da festa (Gilda): Oi Maria, convido você para a festa na aldeia, quero que traga o seu melhor vinho.

Comentarista: Será que os convidados iram levar os seus melhores vinhos?No dia da festa ao abrir o barril, um dos convidados ficou surpreso.

Convidado 2 :  (Abrir o barril e fazer cara de espanto) ÔÔ! Cadê o vinho? Só tem água.O organizador corre para ver ,e se espanta.

Comentarista: Somente tem água no barril, pois todos os convidados tiveram a mesma ideia, levaram água.
Comentarista: Na verdade,ela não está falando do valor do vinho,que esta sendo usado como um algo bem mais importante ,a contribuição de cada um para que a vida seja melhor para todos.O barril de vinho pode ser a vida,a sociedade que vivemos .Cada um e chamado a contribuir com algo na de bom que venha trazer alegria a festa da vida.

Val - Comentarista
Gilda - Organizadora da festa
Convidado 1 - Florinda
Convidado 2 - Marlene
Convidado 3 - Paula
Convidado 4 - Marcia G









Deus se encontra conosco através do outro
(Pagina 33 do livro da campanha da fraternidade)

Comentarista (Marilene): Um dia uma jovem muito bonita pedia a Deus que marcasse um encontro pessoal. Horas depois, ouve baterem na sua porta e vai atender. Voltando para oração, ela encontra um bilhete de Deus que dizia
Menina (Beth): “Encontre-me amanhã a tarde no alto da montanha.” Oba! Vou me encontrar com Deus.
Comentarista: No dia seguinte ela se arrumou toda e se foi bem contente para o encontro.
            Na estrada encontrou uma pessoa pedindo ajuda (Denise com atadura na perna).
Menina: Não posso me atrasar, tenho um encontro com Deus.
Comentarista: Mais adiante, encontrou uma mulher (Jamila) que havia perdido sua muleta, e pediu que a ajudasse.
Menina: Não posso me atrasar, tenho um encontro com Deus.
Comentarista: Na beira da montanha, em uma cabana bem pobre, uma mãe (Jacke) chorava porque o filho estava doente, e lhe pediu que fosse buscar um médico para atender à criança.
Menina: Não tenho tempo agora senhora, vou me atrasar, tenho um encontro com Deus.
Comentarista: Chegou ao alto da montanha e ficou esperando, esperando, mas Deus não apareceu.
            No dia seguinte, em cima da mesa estava outro bilhete, era Deus dizendo: “Eu fui ao seu encontro no caminho três vezes, mas você não conseguiu me dar atenção pois iria se atrasar.”

Marilene – Comentarista
Beth – Menina
Denise – pessoa doente com atadura na perna
Jamila – pessoa doente com muleta

Jacke – Mãe com filho doente 

Agradeço as catequistas Marlene e Ana Gilda que carinhosamente preparam esta encenação.
Agradeço o carinho que as catequista de nossa paróquia tem com seu chamado....Obrigada e que Deus vos abençoe sempre.