21 de fevereiro de 2011

A pessoa do catequista!!!

Segundo vários documentos da Igreja, o Catequista é aquele que:

• Tem o objetivo de fazer amadurecer a fé inicial e de educar o verdadeiro discípulo de Cristo, mediante um conhecimento da Pessoa e da mensagem de Jesus.

• Na comunidade, se dedica ao trabalho de animar os seus irmãos no crescimento da fé e no seguimento de Jesus Cristo.

• Assume a vocação recebida no batismo, ou seja, proclamar o Reino de Deus.
• É enviado por Deus, constituído ministro da Palavra pelo poder do Espírito Santo.

• É chamado por Jesus Cristo, de maneira especial, a segui-lo, mestre e formador dos discípulos.

• Comunica mediante o testemunho, a palavra e o culto.

                                                    As qualidades do Catequista

• Ser uma pessoa com equilíbrio psicológico;

• Ter capacidade de diálogo, criatividade e iniciativa, saber trabalhar em equipe;
• Ser perseverante, pontual e responsável;

• Ser participativo, engajado nas atividades da paróquia, da comunidade e ter espírito de serviço;

• Ter vida de oração, leitura e meditação diária da Palavra de Deus;

• Ter espírito crítico e discernimento diante da realidade;

• Ser capaz de respeitar a individualidade de cada pessoa.

Isso não significa que exista uma pessoa que tenha todas essas qualidades, mas que devemos procurar desenvolvê-las no nosso dia-a-dia, pois se somos chamados, escolhidos por Jesus, Ele nos dá a graça para alcançá-las.

0 catequista exerce um verdadeiro ministério, isto é, um SERVIÇO. E como nos diz o documento Catechesi Tradendae (A Catequese Hoje) a "atividade catequética é uma tarefa verdadeiramente primordial na missão da Igreja".
Ninguém nasce catequista. Aqueles que são chamados a esse serviço tornam-se bons catequistas através da prática, da reflexão, da formação adequada, da conscientização de sua importância como educadores da fé.
O catequista não age sozinho, mas em comunhão com a Igreja, com o grupo de catequistas. O grupo de catequistas expressa o caráter comunitário da tarefa catequética. E com o grupo que ele revê suas ações, planeja, aprofunda os conteúdos, ora e reflete.

                                               Critérios para ser Catequista
O Papa João Paulo II nos diz que a Catequese é uma "tarefa verdadeiramente primordial da missão da Igreja. Que ela é convidada a consagrar à catequese os seus melhores recursos de pessoal e de energias, sem poupar esforços, trabalhos e meios materiais, a fim de organizar melhor e de formar para a mesma, pessoas qualificadas". (Ct, 15)
Em virtude da importância do catequista na vida da Igreja, é fundamental que se definam critérios para a sua escolha.Sendo assim e, respondendo aos anseios de nossos padres e catequistas, a Arquidiocese de Niteroí estabelece os seguintes critérios:

• Ser convidado e entrevistado pelo pároco ou coordenador para que o futuro catequista saiba que não estará sozinho e que sua missão está interligada à missão do pastor.

• Ter recebido os sacramentos de iniciação cristã: batismo, eucaristia e crisma. Ter no mínimo 16 (dezesseis) anos de idade.
• Comprometer-se em aprimorar a sua formação  Arquidiocesana de Catequese ? Capacitação Para Catequista (CPC).

• Se constituiu família, que tenha recebido o sacramento do matrimônio.

• Ter disponibilidade de tempo para participar das atividades da catequese,a formação, a preparação dos encontros catequéticos, a participação em reuniões e em celebrações litúrgicas.

• Cultivar o espírito de obediência e respeito às diretrizes referentes à Catequese.

.
"Ser catequista é ser jardineiro de gente!
sempre nos fala a nossa coordenadora Arcdiocesana
                        Irmã Inês"

Que tenhamos em nossa Arquidiosece pessoas que Amém JESUS e levem sua Palavra a todos os povos.
 Márcia Barcelos